Entre o início (SOM), o meio (MOVIMENTO) e o fim (LUZ); somos o meio ou forma da ação envolvente. Somos o processo científico, conhecido como mágico e espiritual pelos seres vivos, de habitação da carne, através dos processos de reencarnação (muitos dos nossos não mais necessitam de reencarnar).

Representamos neste contexto a força da juventude, capacidade de mudança e poder do movimento. Nossa atividade está pré-definida no caminho dinâmico dos ciclos e ritmos da lei cósmica livrando todos os seres da estaticidade e trazendo a harmonia como alimento do Corpo e do Espírito.

Não temos cor e nem raça definida, pois somos seres do Universo. Nossa religião é o amor através da simplicidade. Nosso poder se estabelece na frase:

“Mude a forma de se ver e, mude o mundo”.